quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Capitulo 30 - Um Final Feliz, Não Tão Feliz Assim!- Parte 3


Demi Narrando

- O meu voo atrasou e eu fiquei sabendo do acidento do Joe! – Ela se explicou e veio até mim se abaixando na minha frente. – Sinto muito Demi! – Ela disse colocando as mãos nos meus joelhos, eu apenas a abracei, Selena era um pessoa legal, eu não queria maltrata-la.
- Obrigada! – Eu sussurrei no meio do choro, Eu precisava desse abraço.

Nick Narrando

Demi estava inconsolável chorando abraçada a Selena, quando O medico entrou na sala.

- Família de Joseph Jonas? – Ele perguntou olhando em uma prancheta.
- Aqui! – Denise disse apresada se levantando do sofá. – Como esta meu filho? – Ela perguntou esperançosa.
- É, como estar o Joe? – Demi perguntou nervosa e esperançosa assim como Denise.
- Eu tenho más noticias! – O medico disse abatido.

De repente só vimos o corpo de Demi cair no chão ao lado de Denise, eu corri até lá e a chamei, mas nada ela tinha desmaiado. Os enfermeiros chegaram  e a levaram dali para fazer uns exames, deixando apenas eu, Selena, e a família de Joe, e minha, na sala. E nós queríamos noticias.

- E ai doutor o que aconteceu? – Eu perguntei preocupado enquanto confortava Selena que estava abraçada a mim, eu acho que ela realmente gosta da Demi.
- Nick! – eu escutei alguém me chamando e olhei para trás assim como todos na sala, Miley estava parada lá me encarando.
- Miley? – Eu perguntei em um misto de surpresa e felicidade. Eu soltei Selena e fui até Miley e a abracei. – O que foi? – Eu perguntei ao perceber que ela não me abraçava de volta.
- Quem é ela? – Ela perguntou baixinho apenas para mim.
- Ah aquela é a Selena! – Eu expliquei. – Eu estava com tantas saudades1 – Eu disse sorrindo e fui beija-la, mas ela se afastou.
- Ela é o que sua? – Ela perguntou com ciúmes.
- É, é minha ex! – Eu disse nervoso, não sabia qual seria a reação dela.
- A sua ex? Você estava abraçando a sua ex? – Ela perguntou irritada.
- Miley, eu te amo, não precisa ficar com raiva! E eu apenas estava consolando ela, o Joe foi baleado e a Demi desmaiou! Esta uma situação muito critica aqui e você ai com ciúmes? - Eu perguntei irritado, mas sem aumentar o tom de voz.
- A demi desmaiou? O que aconteceu com ela? – Miley perguntou nervosa.
- Ela desmaiou quando o medico disse que tinha más noticias sobre Joe, e levaram ela para fazer unas exames! –Ele explicou.
- Hum, e o que aconteceu com o Joe? – Ela perguntou curiosa.
 - Kathy deu um tiro nele! – Ele explicou.
- Desculpas por ficar tendo essas crises de ciúmes, é que eu estava presa e ai você poderia ficar com sua ex e... – Ela disse com lagrimas nos olhos, mas eu não a deixei terminar.
- Shiii! – Eu disse colocando um dedo na boca dela e a fazendo parar de falar. – Eu te amo, saiba disso! – Eu disse e lentamente a beijei.

Eu estava sentindo falta daquele beijo, há muito tempo que eu não sentia o gosto dele, e esse desejo que eu sinto de agarrar ela ali mesmo dentro de mim, que só ela me faz sentir, eu senti alta dela ali no meu lado.

- Eu também te amo!  - Ela sussurrou quando nos separamos.

Nós voltamos para onde os outros estavam e a mãe de j... Minha mãe estava chorando, assim como o meu pai, e todos ali pareciam muito triste.

- O que aconteceu? – Eu perguntei preocupado.
- A cirurgia ocorreu bem, mas Joe esta em coma, ele não reagiu! – Selena explicou, pois ela era a menos abalada ali.
- Ai meu deus! – Eu disse desabando sentado no sofá.

Que vida perfeita, eu sou sequestrado quando criança, minha namorada selena me larga por um garoto mais novo, eu gosto de outra garota, demi, mas ela ama outro, Joe,  ai eu começo a gostar da irmã dela, miley, e descubro que o garoto que a demi gosta é o meu irmão, minha namorada atual vai presa, a minha Ex volta para me perturbar, meu irmão é baleado, e a demi desmaia e estamos todos aqui no hospital preocupados.

- Vai ficar tudo bem! – Miley disse me abraçando.

Demi Narrando

Abri meus olhos e logo os fechei de novo, estava tudo branco e aquilo doeu na minha vista, olhei para a janela e tinha amanhecido, eu estava deitada em uma cama, provavelmente eu estava em um quarto do hospital, mas porque? De repente eu me lembrei que eu estava conversando com o medico de Joe e ele disse que tinha más noticias, meu coração deu um baque. Será? Eu não posso perde o Joe, ele é minha vida! Eu o amo! Me sentei na cama e logo percebi que eu estava chorado, olhei pelo quarto e não tinha ninguém, melhor, eu poderia chorar em paz.

Depois de uns minutos eu me recuperei e apertei o botão para chamar a enfermeira. Ela chegou uns segundos depois e eu pedi para que ela chamasse o Nicholas, minutos depois alguém bateu na porta.

- Pode entrar! – Eu disse respirando fundo, eu estava muito nervosa com os noticias, e para a minha surpresa quem entrou no quarto não foi Nick foi a My.
- Sentiu saudades? – Ela colocou a cabeça para dentro do quarto sorrindo.
- MY! – Eu comemorei sorrindo animada, ela entrou e fechou a porta do quarto e veio me abraçar, eu a abracei de volta com muita saudade. – Quando que você chegou? – Eu perguntei ainda abraçada a ela.
- Uns minutos depois de você ter desmaiado! – Ela disse se afastando e se sentando na beirada da cama. – Eles prenderam a Kathy e me soltaram, eu fui para casa, mas não tinha ninguém, fui na casa do Nick, Frankie disse que Nick saiu com vocês, e ele não sabia para onde e então eu fui novamente na delegacia e perguntei se eles sabiam onde vocês estavam e eles me deixaram aqui! – Ela explicou.
- Ah my eu te amo muito! – Eu disse a abraçando de novo, eu estava muito sentimental.
- Demi, eu tenho uma noticia que eu acho que você vai gostar! – Ela disse sorrindo misteriosa.
- O que? – Eu perguntei curiosa.
- Demi... Demi você esta grávida! – Miley disse rápido, mas eu entendi, eu entendi até bem demais.
- Como é? – Eu perguntei paralisada.
- Você esta grávida, fizeram exame de sangue em você e foi confirmado, você desmaio por que estava a muito tempo sem comer e estava fraca! – Ela explicou. Mas eu ainda não acreditava.
- Miley, eu e Joe sempre usamos camisinha, não tem nenhuma possibilidade de eu estar grávida! Eu não tive enjoos ou vomitei nesses últimos dias! – Eu disse rindo.
- Mas você esta, a camisinha deve ter furado e vocês não perceberam! E o medico disse que ainda esta na terceira semana, não deu tempo de ter essas coisas de enjoou ainda! – Ela disse explicando e eu cai em si, eu estava mesmo esperando um filho de Joe. – O importante é que você vai ter um bebe lindo! – Ela disse sorrindo, mas eu não conseguia me sentir feliz.
- Miley, como eu vou criar essa criança sem o Joe? – Eu perguntei entre soluços.
- Você não vai criar esse bebe sem o Joe, quando ele acorda ele vai te ajudar nessa! – Ela disse sorrindo.
- Miley você bebeu? O Joe não vai acorda! – Eu disse chorando ainda mais, por que ela tinha que ficar falando essas coisas.
- É claro que vai, eu já vi muitas pessoas acordarem de um coma! – Ela disse confiante, mas espera ai coma?
- Do que você esta falando, o Joe esta em coma? Ele não morreu? – Eu perguntei com uma ponta de esperança nascendo no meu coração.
- Não, é claro que não, a cirurgia ocorreu bem, ele apenas não acordou depois e o colocaram em coma! – Ela disse explicando enquanto acariciava a minha mão.
- Eu... Eu não acredito, eu quero vê-lo, eu preciso vê-lo agora! – Eu disse alegre,tentando me levantar daquela cama.
- Demi, agora você não pode, você tomou uns remédios e não pode andar por hoje! – Ela disse me acalmando e me fazendo deitar novamente na cama.
- Mas eu preciso vê-lo, a ultima lembrança que eu tenho dele é a dele sendo baleado, eu preciso ver ele agora, para eu poder ficar bem! – Eu disse um pouco exaustada.
 - E se você for vê-lo agora a as ultima lembrança dele vai ser a dele em coma! – Ela tentando me convencer.
- É melhor ele em coma, e bem do que ele baleado e com sangue para todo o lado! – Eu disse irritada por ela não me deixar ir.
- Demi, pense em outras memórias, e além do mais ele só pode receber visitas daqui a amanha então não vai mudar nada! – Ela disse também um pouco alterada.

Eu me deitei na cama novamente e a miley saiu e logo entrou uma enfermeira que injetou alguma coisa no meu soro que logo me fez dormi.

Miley Narrando

- Então, contou para ela? – Nick me perguntou logo que eu entrei na sala de estar do hospital.
- Sim, ela no começo não reagiu bem, pois pensou que Joe estava... você sabe, morto, mas depois eu contei que ele estava em coma e ela foi aceitando a ideia de ser mãe! – Eu disse o abraçando de lado.
- Eu ainda não acredito que eu vou ser vovó! – Denise disse emocionada.
- Nem eu que vou ser avô! – Paul disse sorrindo com a ideia.
- E eu que você tio! – Nick disse me dando um selinho.
- Como assim? – Denise perguntou confusa.
- É que... Eu... Eu sou seu filho! – Nick finalmente falou, mas de olhos fechados, eu acho que estava com medo da reação deles.
- Você o que? – Paul perguntou confuso, e Nick abriu os olhos.
- Meu nome é Nicholas, e eu sou o filho de vocês que foi sequestrado! – Ele disse nervoso, eu segurei a mão dele lhe passando segurança..
- Nicholas? – Denise perguntou olhando bem nos olhos de Nick.
- Sim! – Nick disse sorrindo, ou perceber que ela acreditou nele.

Denise abraçou Nick com todas as forças, ela sentira muita falta do seu filho, logo em seguida Paul também os abraçou e ficaram assim por um bom tempo.

Joe Narrando

Eu apenas escutava os sons dos aparelhos e passos de alguém perto de mi, mas eu não conseguia abri os olhos, eles estavam muito pesados.

Tentei, e muito abri os olhos coloquei toda a força que eu tinha, mas nada, então eu desisti e fiquei lá tentando me lembrar o que aconteceu, apenas me lembrava de flashes, como, eu, demi e Nick pulando um muro, nós em ma sala que parecia da do diretor, e demi estava mexendo em alguma coisa no computador, depois eu em uma sala com alguém com uma mascara de esqui, e depois essa pessoa caindo no chão, e depois tudo preto, eu não me lembrava de nada concreto e isso me irritava.

Ouvi alguém se aproximando e falando alguma coisa, me concentrei ao Maximo para escutar o que era.

- Batimentos cardíacos normais, pontos sem infecção, respiração também normal e pulso normal! – Era um homem, eu não entendi nada do que ele falou, tentei falar alguma coisa, perguntar onde eu estava, mas nada saiu.

Então um flash de Kathy apontando uma arma para demi aparece na minha cabeça e logo depois eu me jogando na frente, então era isso, eu estava em um hospital isso explica o que o tal homem falou, ele deve ser o medico. Eu tinha tantas perguntas, mas não poderia fazê-las única coisa que eu posso fazer é agradecer por ainda esta vivo.

Demi Narando

Eu acordei já estava de noite, não tinha ninguém no quarto, eu me sentei na cama e meu estomago roncou. Apertei o botão para chamar a enfermeira e coloquei as mãos sobre a minha barriga sentindo uma fome enorme e de repente me peguei olhando para mim mesma ali abraçando a minha barriga, onde eu testava esperando um filho do Joe. 

Eu sorri involuntariamente com aquilo, um filho, ou filha, eu estava muito animada com a aquela ideia de ser mãe.

- Oi filho, ou filha, saiba que eu acabei de saber sobre você, mas eu já te amo viu! – Eu disse abraçando a minha barriga com carinho, eu não via a hora de contar para Joe sobre isso.
- Me chamou? – A enfermeira entrou no quarto.
- Sim, você poderia trazer alguma coisa para eu comer? – Eu pedi e ela concordou saindo do quarto.

Depois de um tempo ela voltou com a comida e eu comi tudo, e olha que comida de hospital não é uma das melhores, mas com a fome que eu estava eu comeria qualquer coisa. A enfermeira voltou e levou a bandeja vazia embora, e eu fiquei ali curtindo um pouco o meu bebê, e esperando ansiosa por amanha para que eu pudesse ver Joe.

Nick Narrando

Eu minha mãe e meu pai, era ótimo chama-los assim, conversamos por muito tempo, eu contei da minha vida ele da deles, e foi muito bom saber desses detalhes.

- Vocês deveriam ir para casa, já esta de noite e vocês estão aqui desde ontem! – Eu expliquei, eu estava muito cansado, mas eles já eram... Velhos, e estavam muito mais cansados que eu.
- Nós vamos, mas amanha nós voltamos para ver Joe! – Denise disse sonolenta.
- Vamos querida, eu dirijo! – Paul disse a levando para fora.
- Ai, eu também vou indo, meu próximo vou é de meia noite, e eu não quero me atrasar! – Selena disse se levantando e vindo me abraçar. – Tchau Nick! – Ela desfez o abraço e foi até miley que estava ao meu lado, ela ia abraça-la, mas miley estendeu a mão antes, e Selena a cumprimentou. – Tchau Miley! – Ela disse educada e foi saindo.
- Tchau, manda noticias! – Eu disse acenando.
- Pode deixar! – Ela disse antes de sair pela porta.
- Manda noticias! – Miley disse tentando me imitar.
- Você é muito fofa com ciúmes sabia? – Eu disse sorrindo enquanto ia dar um beijo nela, mas ela virou o rosto.Eu virei o rosto dela de volta pelo queixo e a beijei, ela não protestou e me beijou de volta.
- O que você acha de eu fingir passar mau só para conseguir um quarto para eu dormi? – Ela sugeriu sorrindo.
- Você é má! – Eu disse rindo, ela era doida. – Mas, não, não é uma boa ideia, tem um sofá no quarto de Demi, podemos dormi lá! – Eu disse.
- Ok! – Ela disse sorrindo e nós fomos para o quarto de Demi e nos ajeitamos lá no sofá e dormimos.

Demi Narrando

 Eu acordei disposta, eu queria muito ir ver Joe, que até aceitei o café da manha que a enfermeira me levou, eu ia começar a comer quando eu percebi que não estava sozinha, olhei para o sofá e Nick e Miley estavam ali, eu dei um sorriso involuntário e os chamei. Eles acordaram e dividimos o café da manha.

- Vamos, eu quero ver Joe! – Eu disse animada.
- Vem vamos se trocar antes! – Miley disse rindo e eu me lembrei que eu só estava com aquele avental que eles me deram. Eu troquei de roupa e fomos ver Joe.

Entramos em uma sala cheia de aparelhos fazendo uns barulhos, e andamos mais um pouco e chegamos onde Joe estava, lagrimas caíram pelo meu rosto imediatamente ou vê-lo naquele estado.

- Senhorita, você só pode ficar por dois minutos! – O medico avisou saindo.
- Joe, sou eu Demi! E Miley e Nick estão aqui também! - Eu disse segurando a mão dele. – E caso você esteja me ouvindo eu quero que saiba que eu estou aqui com você e que eu te amo, eu te amo com todas as minhas forças, e, por favor, não me deixa, continue lutando! – Eu disse entre soluços, só a possibilidade de eu o perde me deixava assim. – Meu tempo esta acabando, então Joe se você estiver me ouvindo, por favor, de algum sinal! – Eu pedi segurando a mão dele mais forte. Mas nada, nenhum movimento. Eu chorei ainda mais com aquilo – Joe eu... Eu... tenho que ir! – Eu disse respirando fundo, eu não ia conseguir.
- Vamos demi! – Miley disse me segurando pelos ombros. – Temos que ir Joe! - Ela disse fazendo um carinho na mão dele e me levando para fora.
- Aguentar firme Bro! – Eu ouvir Nick dizendo e logo nos seguindo para fora da sala.
- Eu não consegui dizer a ele miley! – Eu disse me desesperando, Joe merecia saber que ia ser pai.
- Tempo ao tempo demi, você vai conseguir dizer! – Miley disse me abraçando de lado.

Ao passarmos pelo corredor vimos à família Jonas indo visita-lo, eu os abracei por um tempo e segui para o meu quarto. Eu já tinha tido alta e iria para casa.

Joe Narrando

Eu ouvi tudo o que demi me disse, mas eu não conseguia fazer nada, eu não conseguia me mover, e quando eu a sentir se afastando eu quase morri, eu a amo também, ela é o meu ar, e agora eu estava sem ele.

Um Mês Depois

Demi Narrando

Eu estava no meu quarto, com as meninas, não nos víamos há muito tempo e as novidades eram ótimas.

- Eu e Tom vamos viajar para Paris! – Emma disse sorrindo animada.
- Que bom amiga! – Miley Vanessa disse a abraçando.
- E você Nina? – Emma perguntou curiosa, nina disse que teria uma noticia bombástica, mas não falou nada desde que chegou.
- Estão preparadas? – Nina perguntou sorrindo misteriosamente.
- Sim! – As meninas gritaram animadas.
- Bom, essa é a novidade! – Nina disse mostrando a mão direita.
- NÃO! TA BRINCADO COMIGO? – Miley perguntou escandalosa puxando a mão de nina e olhando o anel de diamante de 18 quilates no dedo dela.
- Não estou não, ele me pediu em casamento e SIM, eu estou noiva! – Ela disse dando pulinhos de animação. – E adivinha a melhor parte? – Ela perguntou se jogando na cama.
- O que? – Vanessa perguntou curiosa.
- Eu vou morar com ele no apartamento dele! – Nina disse dando suspiros.
- Ai que inveja! – Vanessa disse rindo.
- Vem anda, vamos fazer um lanche e nós conversamos melhor de barriga cheia! – Miley disse descendo as escadas e as garotas a seguiram.

Eu me levantei da cadeira onde estava sentada e caminhei até o espelho enorme que tinha no meu closet. Levantei a minha blusa e fiquei olhando para a minha barriga, não estava grande, pois eu só estava com um mês e algumas semanas, mas eu sentia o meu filho ali comigo. Eu me abracei e fiquei ali curtindo o meu bebê.

- Demi, você não vem? – Vanessa parou no batente da porta do closet e me olhou com curiosidade, não deu tempo de eu esconder o que eu estava fazendo. – O que tá acontecendo? – Ela perguntou me olhando curiosa. Eu pedi para Nick e miley não contarem nada sobre a gravidez e eles concordaram. Mas agora eu tinha que me explicar.
- Eu... Vanessa... Entra! – Eu pedi fechando a porta do closet quando ela entrou.
- Então? – Ela perguntou mais curiosa ainda.
- Eu estou grávida! – Eu disse de olhos fechados e quando os abri eu vi Vanessa de boca aberta me olhando espantada.
- Do Joe? – Ela perguntou.
- É claro! – Eu disse irritada apenas por ela perguntar aquilo.
- Nossa, que noticia! – Ela disse ainda não acreditando. – Parabéns mamãe! – Ela disse sorrindo e me abraçando, eu a abracei de volta.
- Van, por favor não conta paras as meninas ok? – Eu pedi e ela concordou, e nós descemos para fazer um lanche e logo depois eu sai para ir visitar Joe.

Semana passada ele teve uma piora e eu não pode visita-lo, agora ele estava estável novamente e eu vou vê-lo eu estava morrendo de saudades e o melhor, eu iria contar tudo hoje. Entrei na quarto e caminhei lentamente para a cama onde ele estava, ele ainda estava em coma, mas já estava em um quarto.

- Um minuto senhorita! – O medico avisou saindo, eu só concordei com a cabeça.
- Oi Joe, sou eu Demi! – Eu disse dando um selinho nele. – Eu semana passada você teve uma piora, e eu não pode vir, mas agora eu estou aqui, e eu tenho uma coisa importante para te dizer. – Eu descobri já faz um mês e umas semanas, mas eu não tive coragem de dizer, mas agora eu tenho. Joe eu estou grávida! - Eu enxuguei uma lagrima que cairá pelo meu rosto. – Eu estou esperando um bebê seu, e eu queria muito que você tivesse aqui comigo, me abraçando e apreciando essa gravidez comigo! – Eu disse segurando a sua mão. – Volta para mim! – Eu disse por fim.

Joe Narrando

Eu não conseguia acreditar, eu iria ser pai e a demi mãe e eu não estava ali com ela? Eu tinha que esta lá com ela, eu o calor do corpo dela se aproximando e logo depois me beijando, sentir aqueles lábios no meu de novo, me fez perceber que eu precisava esta lá com ela, eu precisava dela assim como ela precisava de mim. 

Fiz toda a fora que eu pude, um força sobre humana, e quando eu estava pensando em desistir eu consegui, eu abri meus olhos, e os fechei pela claridade, fiz mas força e consegui os abri de novo. Demi se afastou lentamente de mim e quando abriu os olhos e eu pudi ver a surpresa nos olhos dela.

- Joe? Joe? Você acordou? – Ela perguntou, mesmo sabendo a resposta, ela deu um sorriso lindo e que eu não via há muito tempo, e chamou o medico.
- Joseph siga o meu dedo! – E medico disse passando o dedo em frente ao meu rosto e eu o segui. – Ele esta ai! – O medico disse animado. Os enfermeiros retiraram demi do quarto e logo depois eu apaguei.

Demi Narrando

Ele abriu os olhos! Eu não conseguia acreditar! Ele voltou para mim! Eu me sentei na sala de estar e fiquei esperando por noticias.

- Demetria? – O medico chamou e eu levantei.
- Sim? – Eu perguntei esperançosa.
- O que você falou para Joseph? – Ele perguntou curioso.
- Que eu estou grávida! E eu o beijei e ele abriu os olhos! – Expliquei.
- Nossa, seu beijo deve ser milagroso, não quer beijar outros pacientes em coma para nos ajudar, não? Nós pagamos! – O medico pediu, eu fiquei incrédula com aquilo.
- Não, obrigada... Quando eu posso ver o Joe? – Perguntei.
- Quando ele acorda, ele fez muita força para abri os olhos e isso o exaustou! – Ele explicou.
- Ok, eu espero aqui! – Avisei e me sentei novamente.

Miley Narrando

Eu estava no apartamento de Nick fazendo alguma coisa para nós comermos, como as meninas foram em borá eu vim para cá, e íamos assistir a um filme.

- O que você esta preparando? – Nick perguntou entrando na cozinha.
- Macarrão Instantâneo! – Eu disse fazendo pose de chefe de cozinha Frances. - Mas conhecido como miojo! – Expliquei fazendo uma careta, eu não sabia cozinhar.
- Nossa, que chique! Frankie vai adorar! – Nick disse rindo.
- Espero mesmo! – Eu disse terminando de prepara o macarrão.

Nós fomos assistir a casa monstro, pois Frankie implorou, mas o filme é legal, eu estava sentada em um ponta do sofá e Nick na outra, Frankie estava no meio.

Joe Narrando

Eu acordei assustado, me sentei na cama e olhei em volta, ninguém, olhei para mm mesmo e agora que eu percebi que eu conseguia me mover.

- Graças a Deus! – Agradeci sorrindo, e me lembrei do que demi disse quando veio aqui. – Eu vou ser pai? EU VOU SER PAI! – Eu gritei animado. As enfermeiras chegaram e vê examinaram, eu fiquei o tempo todo falando para elas que eu iria ser pai e elas apenas sorriam, depois de um tempo eu escutei um barulho e olhei para a porta, Demi estava lá, linda como sempre. – Demi! – Sussurrei sorrindo, que saudades eu estava daquele rosto. Ela veio correndo até mim e me abraçou, eu a abracei de volta a apertando contra mim.
- Joe! – Ela disse e eu senti na sua voz que ela estava querendo chorar.
- Não chora! – Pedi.
- Eu te amo! – Ela disse e me beijou, eu correspondi na hora.

O gosto daquele beijo era de morango e estava me embriagando, eu fiquei tanto tempo assim sem ela que quando a tenho de volta fico assim bobo!

- Eu também te amo! – Disse quando o nos separamos e ela me abraçou de novo. – E eu te amo agora ainda mais pois você vai ser a mão do meu filho, ou filha! – Eu disse animado.
- Me impressiona você assim, eu pensei que você iria surta! – Ela disse rindo.
- Que nada, eu te amo e eu quero ter uma família com você! – Eu disse beijando o cabelo dela.
- Eu liguei para a miley e o Nick e eles estão vindo, mas antes vão passar para deixar Nick na casa de Denise, eu como Frankie diz, tia dê! – Ela disse ainda abraçada a mim, rindo, e eu não queria que ela me soltasse nunca.
- Eu vou dizer tudo quando ele chegar!  - Eu disse decidido e ela se afastou para me olhar.
- Joe, você não precisa, Nick esta se dando bem com todo mundo, e isso vai estragar tudo! – Ela disse tentando me convencer.
- Ele tem que saber! – Eu avisei e ela apenas acenou com a cabeça.

Demi Narrando

Uns minutos depois Nick e miley chegaram e conversamos um pouco, até Joe pedi para ele conversa a sós com Nick e agora eu e miley estávamos na sala esperando.

- O que eles estão conversando? – Miley perguntou curiosa. Eu contei tudo para ela e ela não entendeu muito bem, e julgou Joe, eu pensei que ela iria entender, como eu, mas nós éramos muito diferente, depois que eu contei ficou um clima tenso entre nós e ninguém falava nada, até Nick passar por nós chorando. – Eu vou atrás dele! – Miley disse saindo, e fui para o quarto Joe ver como ele estava. Ele estava chorando.
- O que ele disse? – Eu perguntei baixinho.
- Que isso não era coisa que um irmão se faça e... e que eu deveria ter morrido com o acidente! – Joe disse triste, enxugando as lagrimas que caiam no seu rosto.
- Nossa! – Eu disse assustada, Nick falando aquilo, ele deveria ter ficado muito irritado.
- Ele nunca vai me perdoa! – Ele disse me olhando nos olhos, eu fui até ele e o abracei.
- Vai sim, e nós vamos ter um final feliz como você disse! – Eu o consolei e ele riu seco.
- Um final feliz, não tão feliz assim! – Ela disse se afastando, e eu me deitei na cama junto com ele o abraçando, e ficamos assim um bom tempo.


Bom quando tiver coments aqui eu posto o epilogo, beijos para as minhas divas!! :D

3 comentários:

  1. Ahhhhh o joe acordou ~todos pulando de alegria~ kkkkkkk demi grávida de um baby do joe ! Uhuul

    nick vai perdoar ele ... Eu sei q vai !

    Possta logoo

    ResponderExcluir
  2. Divulga o meu blog por favor?
    http://jemi-tryagain.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei do capítulo.
    Queria uma fic também Niley, sabe? Não apenas Jemi e tal. Porque ao meu ver, parece que você improvisou os Niley, já que o Nick gostava da Demi e o Joe também, mas a Demi gostava do Joe. Enfim.
    Faz uma fic com Niley e Jemi com filhos >.<
    Beijos
    XOXO

    ResponderExcluir